domingo, 21 de agosto de 2011

A luta constante contra a superficialidade

Gosto muito da história de Jó, e o que me chama mais atenção, é a intimidade que ele tinha com Deus, pois estava vivendo dificuldades terríveis, sendo provado mesmo sem merecer qualquer castigo. Jó era um homem que conhecia o seu Deus e falava com ele, tanto que estava disposto a passar o que for, mas não abriria desta amizade e comunhão.

Como muitos de nós Jó também era um empreendedor um homem ocupado com uma grande família e funcionários para cuidar, mas ainda assim vivia de uma intimidade muito grande com Deus.

O que quero dizer é que estamos vivendo dias onde o tempo para Deus se tornou escasso, dizemos servir a um Deus que na verdade não conhecemos e não temos o mínimo de intimidade, estamos mais íntimos de um mundo virtual que procuramos conhecer cada dia melhor e a bem da verdade nos tornando dependentes dele. Parece cada dia mais difícil estar com Deus e buscar conhecê-lo, talvez os artigos e outros conteúdos mostrem quem é Deus, talvez não precisasse mais procurar conhecê-lo, pois a internet já nos ensinou tudo que é necessário saber a respeito.

O apelo que faço a mim mesmo, é que eu venha procurar a ter experiências pessoais com aquele que me criou e deixar que ele mostre suas intenções pra mim através da sua palavra, da oração, dos louvores para que eu venha conhecê-lo num mundo que não seja o virtual, mas sim o Espiritual.

Penso que Deus tem muito a nos falar, mas nós não temos dado ouvido e isso tem nos levado a uma superficialidade espiritual. Estamos perdendo muitas coisas, enquanto não o buscamos, nos deixamos levar pelos desejos do nosso coração e para mais perto do pecado, ficando distantes de um Deus que é perfeito e santo.

Busquem forças meus amigos e passem a conhecer a Deus de forma intima para desfrutar de uma vida completa, onde qualquer tipo de renuncia por causa de Deus não será dolorida, mas sim prazerosa pois será por amor a alguém que se mostra a nós todos os dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário